PARTICIPAÇÃO DAS ARTESÃS DE JABOATÃO DOS GUARARAPES NO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL

As mulheres empreendedoras que integram a Economia Solidária de Jaboatão dos Guararapes participam pela primeira vez do Fórum Social Mundial (FSM). Este ano, em sua 13ª edição, o FSM foi sediado em Salvador, Bahia, entre os dias 13 e 17 de março.

 

O Fórum procura abordar várias questões e o tema central deste ano é“Povos, Territórios e Movimentos em Resistência”, o que deve reunir cerca de 60 mil ativistas vindos de todo o país e do exterior. O evento tem profunda importância para o planejamento das questões estratégicas que visam refletir sobre alternativassustentáveis e diversificadas de atuação da Sociedade Civil organizada, como também se contrapor às políticas neoliberais discutidas no Fórum Econômico Mundial de Davos.

 

Nesse sentido, podemos afirmar que a participação das mulheres titulares dos empreendimentos solidários de Jaboatão é de suma importância, pois além de sua inserção representar uma alternativa real de outra forma de produção econômica: solidária e autogestionada, também é um momento de atualização de conceitos.

 

Jaboatão lidera o ranking em empreendimentos solidários no Estado de Pernambuco e em termos de Brasil, o município se encontra hoje ocupando a 15ª posição, superando inclusive o Recife, que está na 20ª posição.

 

Dentro desse universo de empreendimento solidários, as artesãs fabricam bijuterias, roupas, medicamentos fitoterápicos e alimentação orgânica: uma gama de atividades que enriquece e compõe uma teia econômica na região. Tudo isso reforça a necessária participação nesses espaços, sobretudo num evento dessa natureza, tido em consonância com o lema do FSM: “Resistir é Cria, Resistir é Transformar”, levando a bandeira de Jaboatão pra Salvador e consequentemente pra todo o Brasil.