Empreendedorismo irá integrar grade curricular da rede municipal de ensino do Jaboatão dos Guararapes

Professores e gestores de cinco escolas integrais da rede municipal de ensino do Jaboatão dos Guararapes participaram, na manhã desta terça-feira (27), de uma formação do programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). A proposta pedagógica do programa – implantado em parceria com a Secretaria Executiva de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo e a Secretaria Municipal de Educação – é oferecer aos participantes uma forma de despertar e fortalecer o espírito empreendedor e replicá-lo para estudantes da rede pública.

A educação empreendedora é a proposta do programa, voltado para estudantes do 6º ao 9º ano, e visa incentivar os alunos a buscarem o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade. “A ideia é a educação atuar como transformadora do cidadão e incentivá-lo à quebra de paradigmas e o desenvolvimento de habilidades e comportamentos empreendedores”, comentou Claudia Calazans, consultora e instrutora da área de empreendedorismo e marketing estratégico do Sebrae.

“Nossa gestão vê como um dever qualificar os jovens do município. Unindo conhecimento e criatividade teremos uma boa geração de empreendedores, pessoas preparadas para as oportunidades que surgirem”, ressaltou o secretário executivo de Trabalho Daniel Pessoa.

Essa primeira fase beneficiará 750 alunos das escolas Humberto Barradas, São Sebastião, José Rodovalho, Nossa Escola e Bartolomeu de Gusmão. Os professores da rede receberão formação, fornecida pelo corpo técnico do Sebrae, para que possam multiplicar o conhecimento adquirido junto aos estudantes, por meio de oficinas temáticas, tais como: Ecopapelaria, Artesanato Sustentável, Grandes Negócios, Empreendedorismo Social e Novas Ideias. Ao término, as oficinas resultarão em uma feira de empreendedorismo.

Prefeitura do Jaboatão e MPT promovem audiência pública para exigir cumprimento da Lei da Aprendizagem

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e Superintendência Regional do Trabalho (SRT), promoveu, nesta quinta-feira (22), uma audiência pública para tratar da Lei da Aprendizagem. O encontro, realizado no auditório da Universidade dos Guararapes, no bairro de Piedade, reuniu representantes de várias empresas de grande porte com sede no município e que ainda não implementaram jovens aprendizes aos seus quadros de funcionários e/ou que foram autuadas ou estão sob fiscalização. O evento foi criado com o objetivo de conscientizar não apenas as empresas, mas a sociedade como um todo, sobre o tema e cobrar do empresariado o cumprimento da cota que destina de 5% a 15% das vagas em organizações de médio e pequeno porte para aprendizes.

De acordo com o MPT, a escolha pelo município do Jaboatão dos Guararapes para sediar a agenda é resultado das ações positivas que a gestão tem construído para abordar a importância do cumprimento da Lei da Aprendizagem, a exemplo da criação do programa Jaboatão Aprendiz. Desde o ano passado, a Secretaria Executiva de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo tem realizado audiências com empresas notificadas e mutirões para contratação de aprendizes, medidas que contribuíram, diretamente, para a contratação de cerca de 400 jovens.

Procuradora do Trabalho e coordenadora da Coordinfância do MPT, Jailda Pinto destacou a necessidade e ampliação dos debates sobre o tema e a responsabilidade de cada cidadão para com a melhoria de uma sociedade que ainda carrega marcas da escravidão. “Os altos índices de desemprego observados hoje no Brasil refletem a fragilidade do nosso sistema educacional. Ainda carregamos heranças da escravidão e todos nós, cada indivíduo de uma mesma sociedade, temos responsabilidade com nossos descendentes”, explicou.

Já o secretário-executivo de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo do Jaboatão dos Guararapes, Daniel Pessoa, lembrou que, somente no primeiro semestre deste ano, as fiscalizações realizadas em parceria com a SRT resultaram na notificação de 171 empresas. “Além de estarmos fiscalizando, temos criado medidas de estímulo ao cumprimento da Lei da Aprendizagem, como o selo Empresa Amiga do Jovem Aprendiz. A gestão do prefeito Anderson Ferreira possui um olhar muito sensível aos setores da educação, ação social e trabalho, tendo implementado diversos programas de incentivo à qualificação profissional e que possibilitam a retirada de jovens, crianças e adolescentes da situação de vulnerabilidade econômica e social”, pontuou o gestor.

A audiência contou, ainda, com a participação do coordenador do programa de combate ao trabalho infantil e de estímulo à aprendizagem em Pernambuco do TRT, desembargador Paulo Alcântara; da auditora fiscal da SRT, Simone Brasil; do coordenador do Caop do Ministério Público de Pernambuco, promotor Guilherme Lapenda; do juiz da Vara da Infância e da Juventude do Recife, Paulo Brandão; e da juíza da Vara da Infância do Jaboatão dos Guararapes, Cristiana Caribé.

Jaboatão oferece oficinas gratuitas de férias em áreas como Marketing Digital e Empreendedorismo

A Secretaria Executiva de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo do Jaboatão dos Guararapes, em parceria com a Faculdade Pitágoras e apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), dá início, nesta terça-feira (9), às inscrições para uma série de oficinas gratuitas nas áreas de Marketing Digital, Empreendedorismo, Design Thinking e Canvas You (Planejamento de Vida e Carreira). As palestras serão ministradas no sábado (20), nos turnos da manhã e tarde, na sede da unidade de ensino superior, em Candeias. As inscrições poderão ser realizadas até a próxima terça-feira (16), das 9h às 16h, no Centro Municipal de Qualificação Profissional, localizado na Rua Coronel Francisco Galvão, 769, no bairro de Piedade, ou na Agência do Trabalhador de Jaboatão Centro, situada na Rua Barão de Lucena, S/N.

Para participar, os interessados deverão ser maiores de 16 anos, ensino médio completo e residir no município do Jaboatão dos Guararapes. É preciso, ainda, apresentar cópias do RG, CPF e comprovante de residência. Ao final, todos os participantes serão devidamente cadastrados na Agência do Trabalhador.

Mais Informações: (81) 3343-6897 / 99975-6597.

Jaboatão lança Incubadora e investe em projetos de empreendedores

Investidor na área de maquinário e metalurgia, José Antônio Júnior é um dos cerca de 50 empreendedores que prestigiaram, na manhã desta quarta-feira (19), o lançamento da Incubadora Jaboatão Criativo, no bairro de Piedade. Implantado pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, a iniciativa nasce com o objetivo de fomentar novos projetos que possam contribuir diretamente para o desenvolvimento regional por meio de soluções inovadoras. É o caso da ferramenta que José Antônio e outros 19 empreendedores das áreas de Aplicativos, Jogos Digitais e Moda, previamente selecionados pelo projeto, por meio de edital, pretendem tirar do papel com o apoio da incubadora.

A incubação possui carga horária total de 150 horas e conta com consultorias de Marketing, Jurídica e de Gestão Empresarial e Financeira. Durante todo o processo, os participantes terão à disposição infraestrutura apropriada, corpo técnico qualificado e equipamentos de ponta, adequados à captação e preparação de empreendimentos. O espaço, localizado no bairro de Piedade, conta com núcleo de criação, coworking, salas multiuso, auditório e  espaço para treinamento.

“A incubadora vai nos dar uma base para que a gente possa entender, por exemplo, as questões jurídicas do processo”, comentou Pablo Vinícius, sócio de José Antônio, ao explicar que ideia do projeto da dupla é construir uma indústria virtual, que tenha como princípio comprar determinadas horas de serviço de empresas que estejam em seu momento ocioso, ou seja, quando as máquinas não estiverem sendo utilizadas.

Além dos 20 empreendedores previamente selecionados, a Secretaria Executiva de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo do Jaboatão dos Guararapes divulgou a oferta de outras 180 vagas destinadas a projetos no setor de Economia Criativa. As inscrições poderão ser realizadas gratuitamente no período de 19 a 28 de junho, no Centro Municipal de Qualificação Profissional, localizado na Rua Coronel Francisco Galvão, 769, Piedade.

“Hoje foi um dia para apresentar o cronograma da Incubadora Jaboatão Criativo e detalhar todo o processo, que é totalmente gratuito e deve durar 12 meses. Durante esse tempo, será fomentada a troca de ideias por meio da formação gerencial, tecnológica e intercâmbios com parceiros”, explicou o secretário-executivo de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Daniel Pessoa. Ainda segundo o gestor, projetos não selecionados  terão a oportunidade de participar da etapa de qualificação profissional em inovação, “uma preparação para se estabelecer não apenas como empreendedores, mas, também, como promotores de soluções para a sociedade a partir do mercado criativo”.

Selecionada na área de Moda, Alessandra Martins definiu o projeto – criado em parceria com a Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cidadania, Centro Universitário dos Guararapes e o Sebrae – como “um suporte imprescindível” para quem está começando um negócio e precisa de auxílio para evitar erros básicos. “Vejo o programa como um suporte de gestão, técnico e mercadológico. É uma forma de desenvolver uma ideia com todo o aparato necessário para transformar o ideal em algo tangível”, pontuou a empreendedora.

Jaboatão e Tintas Iquine oferecem 30 vagas para curso gratuito de Pintor de Paredes e Texturas

A Secretaria Executiva de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo do Jaboatão dos Guararapes, em parceria com a grupo Tintas Iquine, abriu, nesta segunda-feira (3), 30 vagas para o curso de Pintor de Paredes e Texturas. As aulas terão início na próxima quarta-feira (5), na Associação de Moradores dos Curados II e III, localizada na Rua Lobão Botelho. Serão formadas turmas nos turnos da tarde e noite, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O curso possui carga horária de 60 horas/aula e duração de 15 dias.

As inscrições poderão ser feitas no período de 3 a 4 de junho, das 9h às 16h, na Agência do Trabalhador de Jaboatão Centro (Rua Barão de Lucena, S/N) ou na sede da Regional 3 (Avenida Leonardo da Vinci  – Curado II). Para participar, é preciso ser maior de 16 anos, ter concluído – ou não – ensino fundamental e residir no município. No ato da inscrição, o interessado deve apresentar cópia do RG, CPF e comprovante de residência.

O curso tem por objetivo proporcionar qualificação e aperfeiçoamento à população  das comunidades e associações de moradores do Jaboatão dos Guararapes. As estratégias pedagógicas adotadas no desenvolvimento das aulas proporcionarão aos participantes atuação ativa e todas as condições necessárias para aprender e executar as técnicas. Serão vivenciadas situações diversificadas, possibilitando interação entre alunos e docentes, flexibilidade de comportamento e autodesenvolvimento, por meio de ambientes adequados e da adoção de técnicas que reflitam, na medida do possível, situações reais de trabalho.

Os alunos terão aulas teóricas e práticas, nas quais serão ensinados quanto ao uso adequado das ferramentas necessárias ao ofício, tais como: instrumentos básico de trabalho e equipamentos de proteção individual; conhecimento de tintas, vernizes e massas; como calcular quantitativos de insumos a serem utilizados e mão de obra; preparações de superfícies de alvenarias, metais e madeiras.

Mais informações: (81) 3255-2412 / 99975-6597.

Prefeitura do Jaboatão recebe prêmio por resgatar jovens do trabalho infantil

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes foi a única em Pernambuco a receber o certificado “Empresas/Entidades que contribuem para proteger, promover e profissionalizar adolescentes e jovens egressos do trabalho infantil em Pernambuco no ano de 2018 – Empresas/Entidades PRO”, concedido pela Superintendência Regional do Trabalho em Pernambuco (SRTb/PE). A cerimônia de diplomação, aconteceu nesta quarta-feira (22), na sede da Superintendência.

O certificado do órgão ligado ao Ministério da Economia é um reconhecimento às entidades e empresas que contratam ou preparam jovens vítimas da exploração infantil. Além de ter adolescentes em seus quadros, a Prefeitura de Jaboatão tem o programa Jaboatão Aprendiz, que promove cursos de aperfeiçoamento de mão de obra e faz encaminhamentos para as empresas privadas.

Mais de 700 jovens já passaram por capacitação nos projetos desenvolvidos pela Prefeitura. O prefeito Anderson Ferreira, inclusive, assinou decreto estabelecendo que, pelo menos, 10% das vagas dos cursos sejam preenchidas por jovens em situação de vulnerabilidade.

O prefeito Anderson Ferreira disse ser uma honra receber o certificado, pois uma das prioridades da gestão é criar oportunidades para a juventude jaboatonense. “Transformar a vida das pessoas é um compromisso da nossa gestão. Esse reconhecimento da Superintendência Regional do Trabalho é um estímulo para que façamos muito mais. O nosso futuro pertence aos jovens, por isso devemos apontar caminhos e criar oportunidades. Me sinto gratificado com os resultados que já alcançamos, mas isso não significa que vamos nos acomodar. Queremos garantir que mais jovens estejam preparados para o trabalho e para o futuro”, ressaltou o gestor.

A Aprendizagem Profissional, prevista na CLT, estabelece que todas as empresas de médio e grande porte contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários, cujas funções demandem formação profissional. Podem ser aprendizes os jovens de 14 a 24 anos (sem limite máximo para as pessoas com deficiência), que, estudando ou tendo concluído o ensino médio, sejam contratados por uma empresa e matriculados em programa de aprendizagem desenvolvido por entidade formadora ou pelo Sistema S.

Programa Jaboatão Aprendiz oferece 157 vagas de emprego para jovens

Como parte do programa Jaboatão Aprendiz, e em alusão ao Dia Internacional do Jovem Trabalhador, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes promoveu, em parceria com a Superintendência Regional do Trabalho de Pernambuco, na manhã desta quarta-feira (24), um mutirão para contratação de 157 jovens aprendizes. Os mais de 300 candidatos, com idades entre 16 e 24 anos, foram convocados conforme cadastro realizado previamente no banco de dados da Agência do Trabalhador. O processo seletivo teve a participação de dez empresas de médio e grande porte dos segmentos comercial e logístico, todas com operações no município. Todos os candidatos selecionados sairão com a contratação acertada no mesmo dia.

Esta é a segunda edição do programa, que teve início em setembro de 2018 e busca incentivar empresas a contratarem jovens aprendizes. Segundo Daniel Pessoa, secretário-executivo de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, a Lei da Aprendizagem (10.097/2000) possibilita aos assistidos uma preparação para o exercício profissional, garantindo a inclusão social por meio da empregabilidade, tendo, como base, atividades teóricas, práticas e educativas.

“Entre as principais propostas do programa Jaboatão Aprendiz está o estímulo a empresas da região para o cumprimento da lei que estabelece a contratação de aprendizes e o desenvolvimento de práticas que sirvam de exemplo para que demais órgãos governamentais se sensibilizem e participem ativamente na formação de jovens”, comentou o gestor público.

Iasmim Barbosa, de 17 anos, enfrentou a fila de espera na Agência do Trabalhador de Jaboatão Centro e tentou uma vaga para a empresa de transporte integrado Vera Cruz. “A expectativa está alta pra conseguir a vaga. Vai ser uma forma de ajudar em casa com as despesas e ter um dinheirinho livre pra ser um pouco mais independente”, comentou.

Como participar
Para participar da próxima etapa do Jaboatão Aprendiz, o interessado deve se inscrever em um dos postos de atendimento da Agência do Trabalhador do Jaboatão e cadastrar o currículo pelo site jaboatao.pe.gov.br.

Prefeitura garante integração de 40 jovens aprendizes ao mercado de trabalho

Um termo de parceria celebrado entre a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes e cinco empresas privadas estabelecidas no município, intermediado pela Instituição Formadora Escola Dom Bosco, irá garantir a integração de 40 jovens aprendizes ao mercado de trabalho por meio da formação profissional via ensino. Os aprendizes atuarão em diversas secretarias da administração municipal, que priorizou jovens com perfil de vulnerabilidade ou risco social. A medida, pioneira na cidade, é regulamentada pelo Decreto Nº. 5598/2005, que autoriza a prática da aprendizagem em órgãos públicos, como alternativa ao cumprimento da cota social.

De acordo com o secretário-executivo de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo do Jaboatão dos Guararapes, Daniel Pessoa, os aprendizes irão desenvolver atividades na função de assistente administrativo, sem ônus para a prefeitura. Isso porque o decreto estabelece que empresas cujas peculiaridades da atividade ou dos locais de trabalho constituam embaraço à realização das aulas práticas poderão requerer a assinatura de termo de compromisso para o cumprimento da cota em administrações públicas da experiência prática do aprendiz.

“Essa é uma iniciativa de grande relevância para esses jovens, que, agora, terão a oportunidade de aprender unindo teoria e a prática profissional.  A ação também contribui para a redução do índice de desemprego e violência de adolescentes munícipes do Jaboatão, principalmente entre a faixa etária 14 a 24 anos”, explicou o gestor.

Prefeitura garante integração de 40 jovens aprendizes ao mercado de trabalho

Um termo de parceria celebrado entre a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes e cinco empresas privadas estabelecidas no município, intermediado pela Instituição Formadora Escola Dom Bosco, irá garantir a integração de 40 jovens aprendizes ao mercado de trabalho por meio da formação profissional via ensino. Os aprendizes atuarão em diversas secretarias da administração municipal, que priorizou jovens com perfil de vulnerabilidade ou risco social. A medida, pioneira na cidade, é regulamentada pelo Decreto Nº. 5598/2005, que autoriza a prática da aprendizagem em órgãos públicos, como alternativa ao cumprimento da cota social.

De acordo com o secretário-executivo de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo do Jaboatão dos Guararapes, Daniel Pessoa, os aprendizes irão desenvolver atividades na função de assistente administrativo, sem ônus para a prefeitura. Isso porque o decreto estabelece que empresas cujas peculiaridades da atividade ou dos locais de trabalho constituam embaraço à realização das aulas práticas poderão requerer a assinatura de termo de compromisso para o cumprimento da cota em administrações públicas da experiência prática do aprendiz.

“Essa é uma iniciativa de grande relevância para esses jovens, que, agora, terão a oportunidade de aprender unindo teoria e a prática profissional.  A ação também contribui para a redução do índice de desemprego e violência de adolescentes munícipes do Jaboatão, principalmente entre a faixa etária 14 a 24 anos”, explicou o gestor.

JABOATÃO LANÇA PROGRAMA DE ESTÍMULO À CONTRATAÇÃO DE JOVENS APRENDIZES

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentabilidade, lançou, nesta terça-feira (25), mais uma iniciativa voltada à geração de emprego e renda no município. Criado com o objetivo de estimular o cumprimento da Lei da Aprendizagem no âmbito municipal, o Jaboatão Aprendiz visa oportunizar a jovens e adolescentes a experiência profissional do primeiro emprego, contribuindo para a qualidade de vida de famílias em situação de risco social. A cerimônia de lançamento foi realizada no auditório do Hotel Barramares, em Piedade, e contou com representantes do Ministério Público do Trabalho, Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), Fundação Roberto Marinho e Unesco.

A Lei da Aprendizagem (10.097/2000) possibilita aos assistidos uma preparação para o exercício profissional, garantindo a inclusão social por meio da empregabilidade, tendo, como base, atividades teóricas, práticas e educativas. Entre as principais propostas do programa Jaboatão Aprendiz está o estímulo a empresas da região para o cumprimento da lei que estabelece a contratação de aprendizes e o desenvolvimento de práticas que sirvam de exemplo para que demais órgãos governamentais se sensibilizem e participem ativamente na formação de jovens.

O prefeito Anderson Ferreira ressaltou que Jaboatão dos Guararapes é o primeiro município pernambucano a contratar aprendizes e destacou o impacto econômico e social do programa na vida dos jovens e suas famílias. O gestor lembrou, ainda, que dos 20 adolescentes contratados, 10 são advindos do trabalho infantil, cinco de medidas socioeducativas e cinco de casas de acolhimento.

“O Jaboatão Aprendiz é uma importante ferramenta de combate ao trabalho infantil por oportunizar uma formação profissional protegida e com direitos trabalhistas garantidos por lei. Além disso, o programa irá impactar diretamente na rotina financeira desses adolescentes, que, agora, poderão planejar seus gastos com segurança e ajudar suas famílias”, explicou o prefeito.

Aluno da Escola Municipal Paulino Menelau, Edenilson Lima Pimenta, de 17 anos, venceu a timidez e falou sobre as expectativas para o futuro. “Tenho a certeza de que, agora, cada um nós teremos todos os meios para buscar um futuro cada vez melhor. Ter sido selecionado para o programa me renovou e, daqui por diante, só coisas boas”, pontuou o aprendiz.